terça-feira, 9 de setembro de 2014

Crise no Esperanto Mundial

Meus prezados,

Recebemos hoje um "pedido de socorro". 

A maior organização mundial de Esperanto está em uma profunda crise, não pelo Esperanto em si, pois esse já se mostrou forte o suficiente para andar com as próprias pernas pelos séculos a fora. 

A crise da UEA é financeira mesmo! Devido às transformações fortes trazidas pela internet, gerou-se um novo estado de formação de novos esperantistas. Os atuais esperantistas, os jovens e os que vem pela internet, perderam a necessidade de se associar a nossa sociedade mundial. A UEA tem sido um baluarte do movimento: congressos mundiais, associação de profissionais e delegados do Esperanto nos locais, fortalecimento do Esperanto em países em que as sociedades locais são fracas como na África e na Ásia e América Latina, forma uma grande rede mundial de apoio ao Esperanto junto aos organismos mundiais como a ONU, Unesco, tem o maior acervo do mundo de venda de livros e temáticas associadas ao Esperanto e comunicação internacional... Pois é, podemos nos próximos anos perder tudo isso!

São inúmeras as vantagens de termos a UEA presente e atuante. Além disso, o Esperanto e a UEA sempre caminharam juntos por mais de um século e isso não é pouco.

Então, pense! Se você ama o Esperanto, que tal pensar seriamente em ser um membro da UEA? Seja um esperantista de carteirinha, associe-se ao Esperanto local e também seja um esperantista do mundo.

Visite o site da UEA e associe-se hoje mesmo. Eu fiz a minha parte, tornei-me um "dumviva membro", pois o meu amor pelo Esperanto é para toda vida mesmo. O Esperanto faz parte da minha vida de luta pela comunicação mundial neutra e assim eu considero a UEA.

Visite a página de associação da UEA e associe-se (UEA.ORG) ou diretamente na página de associação (http://db.uea.org/alighoj/alighilo.php)

Por apenas 5 euros você já poderá ser um sócio MG recebendo um livreto guia do movimento. Mas, por que não ser um MA (32 euros) que recebe em casa a revista Esperanto e o Jarlibro? Há uma modalidade intermediária que é o MJ (19 euros) que recebe a revista Esperanto de forma digital.

Espero que todos vocês, hoje mesmo, façam o seu pedido de filiação. Vamos ser esperantistas não só virtuais, mas pertencentes a nossa grande rede mundial do Esperanto. Vamos manter a UEA sempre forte. A maior difusão do Esperanto no mundo depende dela.

Amikajn Salutojn
Adonis 

--


Programo MIA AMIKO

Lernu Esperanton kun amikoj


ESPERANTO@BRAZILO

Movimento Virtual de Esperanto no Brasil

http://esperanto.brazilo.org

*

Twitter: @MiaAmiko

Nenhum comentário:

Postar um comentário